terça-feira, 16 de setembro de 2008

Banda larga brasileira está entre as piores do mundo


Uma pesquisa encomendada pela empresa Cisco e feita pelas Universidades de Oxford e de Oviedo analisou a qualidade da internet rápida em 42 países e o Brasil ficou em 38º lugar, à frente somente de Chipre, México, China e Índia.

O Brasil está pior do que a gente gostaria”, disse Pedro Ripper, presidente da Cisco do Brasil.

O índice de qualidade de banda larga, criado para o estudo, leva em conta as velocidades de download (recebimento de dados), upload (envio de dados) e a latência (tempo que um pacote de dados leva da fonte ao seu destino). O estudo não levou em conta o preço da banda larga e a densidade de usuários.

Em primeiro lugar ficou o Japão, seguido por Suécia, Holanda, Letônia, Coréia do Sul, Suíça, Lituânia, Dinamarca, Alemanha e Eslovênia.

O Brasil fez 13 pontos, que vai de zero a cem. Segundo os pesquisadores, o país precisa ter no mínimo 35 pontos para que seus internautas possam fazer uso adequado dos aplicativos que existem hoje, como vídeos on-line, bate-papo com vídeo e troca de arquivos. Para novos aplicativos, como vídeos em alta definição, seriam necessários 75 pontos.

2 comentários:

love in the philippines disse...

wow, very special, i like it.

stock market broker disse...

well its nice to know that you have great hits here.

 

Coloque seu e-mail para receber novidades:

Enviado por FeedBurner